Nos últimos 20 anos, o Ceará foi beneficiado com rodovias turísticas em várias localidades. Através dessas rodovias foram ampliadas as potencialidades na geração de emprego e renda, estimulado o desenvolvimento dos núcleos urbanos e facilitando o acesso de nativos e turistas

A Rodovia Estruturante (CE-085), na Costa do Sol Poente, é um dos maiores investimentos do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur) no Estado do Ceará. De acordo com Paulo Bezerra, coordenador do Prodetur, do Departamento de Edificações e Rodovias (DER) -antigo Dert - foi através desta rodovia que o Ceará pôde dar um salto de qualidade no desenvolvimento turístico de vários municípios ao longo do litoral Oeste do Estado.

Bezerra informa que a primeira fase da Estruturante teve início em 1996. ´De 96 até o ano de 99 houve a implantação desta rodovia e dos acessos, totalizando 253 quilômetros´.

Na primeira fase foram utilizados cerca de R$ 40 milhões do Prodetur para a construção da rodovia do município de Caucaia até o distrito de Barrento, em Itapipoca. Ao longo da construção foram implantados os acessos para os pontos turísticos de cada município. Em Caucaia, o acesso para Cumbuco e Lagoa do Banana; na Paraipaba, para Lagoinha; em São Gonçalo do Amarante, para Pecém, Taíba e Suipé; e no Trairi, para as praias de Guajiru, Flexeiras e Mundaú.

A partir do ano passado, explica Paulo Bezerra, foi dada continuidade a obra em direção a Jijoca de Jericoacoara. ´A partir do Barrento, em Itapipoca, foram iniciados outros trechos da Estruturante, que representam mais 187 quilômetros de rodovia´, informa. O primeiro trecho, segundo ele, foi de Barrento para Aracatiara (distrito de Amontada), com sua implantação já bem adiantada; depois será a vez das obras de Aracatiara para Itarema, com um acesso para a praia de Almofala.

Prodetur II

De acordo com o coordenador do Prodetur do DER, de Itarema para Jijoca já existem estradas pavimentadas. Portanto, as obras foram reiniciadas em Jijoca, com verbas do Prodetur II. ´De Jijoca está sendo trabalhada a estrada que dá acesso a Parazinho (no município de Granja) e de Parazinho, esta estrada seguirá até Granja. ´O valor estimado para estas estradas é de R$ 80 milhões´, disse.

 

A grande novidade nesta segunda fase do Prodetur no Ceará é a construção da rodovia que interligará Granja ao município de Viçosa do Ceará, na Serra da Ibiapaba. O percurso tem 72 quilômetros, unirá praia e serra e concretizará um sonho antigo dos moradores das regiões beneficiadas.

Segundo Paulo Bezerra, até o final deste ano, as obras desta nova via de acesso do litoral Oeste à Serra da Ibiapaba deverão ser iniciadas. De acordo com ele, o valor estimado para a construção da via Granja/Viçosa é de R$ 23 milhões.

O acesso ao litoral Leste cearense foi beneficiado, a partir de Fortaleza, com o Programa Rodoviário de Integração do Estado do Ceará (Ceará II).

Executado de 1997 a dezembro de 2004, o programa surgiu com a proposta de melhorar as deficiências da malha rodoviária estadual e recuperar as rodovias deterioradas, não incluídas no Programa Ceará I. Nesta fase do programa foram duplicados trecho das CE-040, da Avenida Washington Soares até Aquiraz.

Atualmente, a CE-040 está passando por um processo de duplicação de mais sete quilômetros, no trecho de Aquiraz até a entrada do entroncamento que dá acesso ao Iguape. A obra, que custa R$ 15 milhões (com recursos do BNDS e Governo do Estado) está prevista para ser concluída em abril do próximo ano. 
09/11/07

Retour à l'accueil