O Sebrae/CE trabalha para o desenvolvimento sustentável a partir da realização de diversas ações que fomentam principalmente a capacitação e qualificação dos serviços, a prospecção de novos mercados, a gestão competitiva e sustentável e o estímulo ao empreendedorismo.

Com a estratégia de criar roteiros integrados e consolidar o Cariri como um dos principais destinos turísticos do Nordeste e do Brasil, o Sebrae/CE aporta recursos na integração dos principais municípios turísticos e no fortalecimento das entidades representativas do setor, tornando a região a pioneira no Estado em desenvolver roteiros integrados e a estabelecer o Fórum Regional de Turismo e Cultura, há dez anos atrás, cujo modelo serviu de inspiração para as outras regiões do Ceará e Estados vizinhos.

Ao longo destes últimos 10 anos, o Sebrae/CE, primando pela parceria com diversas instituições como Senac, BNB, Centec, Cefet, prefeituras municipais e governo do Estado, vem conseguindo destacar a região nas políticas estaduais e nacionais de desenvolvimento do setor. A meta é fortalecer a rede de apoio ao turismo, estabelecer planos estratégicos e criar um ambiente para uma gestão participativa dos projetos, integrando poder público, instituições, iniciativa privada e comunidade em geral.

Com isto, o trade turístico vem ampliando suas atividades, novos empreendimentos estão surgindo e o fluxo turístico crescendo em diversos segmentos de mercado como: religioso, cultural, negócios e eventos, ecoturismo, turismo científico e de aventura.

Entre os avanços alcançados com a atuação do Sebrae/CE na região estão a elaboração de um calendário de eventos regionais, criação de associações de empresários do setor turístico, apoio à participação do empresariado em eventos turísticos, realização de famtours com operadores nacionais e internacionais, realização de cursos e apoio à criação dos conselhos municipais de turismo.

Os resultados destas ações são vários. Vão desde uma maior presença dos atrativos turísticos da região do Cariri na mídia espontânea, passando por uma ampliação do nível de organização do setor e o amadurecimento da classe empresarial quanto à necessidade de atuação em conjunto e qualificação dos serviços, até a união dos municípios da região na promoção de um roteiro turístico integrado. 

09/11/07
Diario do Nordeste

Retour à l'accueil