Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog
Brésil Ceara Fortaleza

Ocupações pedem melhores políticas habitacionais

Adital.com

A União Nacional por Moradia Popular realizou na noite de ontem (21) e manhã de hoje, 4 ocupações urbanas em defesa do direito á moradia e à cidade. O objetivo é pressionar os governos federal, estaduais e municipais pela implementação de uma política habitacional que atenda ás famílias de mais baixa renda e destine recursos para mutirões, urbanização de favelas, regularização fundiária e moradia em áreas centrais.

Hoje às 10 horas, o Forum de Cortiços (filiado a UNMP) ocupou um edifício do INSS na Rua Xavier de Toledo, centro de São Paulo, em frente à Biblioteca Mario de Andrade. A maioria dos ocupantes são idosos que são reiteradamente excluídos dos financiamentos habitacionais.Contato: Veronica 11 9892-1491 / 9256-7127

Também hoje, às 10:30 hs, o Movimento de Moradia da Região Sudeste (filiado a UNMP) ocupou um terreno particular desocupado na Avenida do Cursino, 7000 (em frente ao posto Texaco), na região Sudeste de São Paulo. A área está vazia há muitos anos e não cumpre a função social da propriedade. O movimento reivindica a desapropriação da área para fins habitacionais.Contato: Dito: 11 8429-7439  e Fátima: 11 9540-1722

Ontem, no final da tarde, o Movimento Sem Teto de Sertãozinho (filiado a UNMP) ocupou um prédio do INSS, na Ria Sebastião Sampaio, esquina com Rua Candinha Del Grande - Centro de Sertãozinho-SP. O prédio está desocupado há mais de 30 anos. Contato: Garcia 16 9122-4676

Em Vitória-ES, a União Estadual por Moradia Popular do Espírito Santo ocupou um prédio vazio de propriedade do INSS, na Rodovia Carlos Lindemberg nº 94. O movimento reivindica a destinação da area para moradia.Contato: Edilza e João 27 9821-4527 / 9994-8296

Também estava marcado para o início da noite, um ato público em obras paralisadas da CDHU, no Jardim dos Eucaliptos, em Diadema. As atividades seriam realizadas pela Associação Sem Teto de Taboão

Fonte : www.adital.com


Commentaires