NOVA OLINDA
Cidade ateliê
Em Nova Olinda, uma organização não-governamental criada há 14 anos reúne crianças e adolescentes da região desenvolve um trabalho voltado para memória, arte, comunicação e turismo


A lembrança dos índios kariris dá as boas-vindas a quem conhece a Fundação Casa Grande, no município de Nova Olinda. São fotos e pinturas, além de utensílios usados pela população indígena que iniciou a povoação da região do Cariri. Mas o que realmente encanta quem conhece o local são as crianças que integram o projeto. Guiando as visitas, controlando a rádio, produzindo vídeos e gibis, ensaiando na banda de lata ( a Som in Banda de Lata) ou pesquisando na videoteca, a garotada que integra o projeto toma conta de tudo e recebe com prazer os turistas que aportam por aqueles lados.

A Fundação foi criada em 1992 pelo casal Alemberg Quindins e Rosiane Limaverde e hoje tem o trabalho nacionalmente reconhecido, atendendo mais de 70 pessoas, entre crianças e adolescentes. O que começou como um memorial do povo kariri foi se expandindo e continua neste processo até hoje. Diariamente novos projetos tomam corpo e outros espaços são criados, como a gibiteca que dá seus primeiros passos. E engana-se quem acredita que apenas as crianças têm vez no local. Os pais já usufruem do sucesso da Casa Grande, seja com as casas transformadas em pousadas domiciliares ou com o artesanato que as mães produzem e comercializam na loja da Fundação.

Além da Fundação Casa Grande, um ateliê de artigos em couro tornou-se um verdadeiro ponto turístico no município. Expedito Seleiro é o artesão cearense que produz bolsas, sandálias, chapéus e gibões em couro que foram parar nas passarelas do São Paulo Fashion Week, nos pés dos modelos da grife Cavalera. Na quarta geração de seleiros, Seu Expedito conta que desde criança já enlaçava os bonecos com tiras de couro. Hoje, ele - com filhos, sobrinhos e irmãos - risca, corta e costura o couro, traçando desenhos que o caracterizam de longe. "Mas o que eu gosto mesmo é de receber quem vem aqui, conversar com as pessoas. Isso eu gosto", adianta.

Retour à l'accueil