CRATO
História viva
As ruas do Crato têm o burburinho universitário, em uma cidade onde a história da região ganha força. São museus e ruínas históricas que resgatam o passado do município

23/11/2006 02:13


Na cidade de Crato, pode ser conhecida boa parte da história da região do Cariri. Para começar este retorno ao passado, o visitante pode conhecer o Museu Histórico e de Arte Vicente Leite. Instalado em um prédio de 1817 onde funcionou a cadeia pública, o Museu foi fundado em 1972 e reúne fotos das praças, artefatos indígenas, objetos antigos e muitas peças de arte sacra. No andar superior estão quadros, estátuas e outras obras de arte de artistas cratenses.

No afastado distrito de Santa Fé, as ruínas do Sítio Caldeirão mantêm viva a história do beato José Lourenço. Na época do Estado Novo, o religioso devoto do Padre Cícero fundou uma comunidade em moldes socialistas, levantando a raiva das forças conservadoras cearenses. A mando de Getúlio Vargas, um ataque em 1936 incendiou mais de 400 casas, expulsando e matando parte das duas mil pessoas que residiram na localidade.

Hoje, na paisagem do sertão, restam apenas os alicerces do que foi a casa do beato. Mais a frente, a capela de Santo Inácio de Loyola faz par com uma residência onde ainda moram descendentes dos seguidores do Caldeirão. Por outro lado, o Crato é ainda alternativa para os fãs de esportes e natureza. Na Floresta Nacional do Araripe, é possível fazer caminhadas e se aventurar em trilhas ecológicas ou nos esportes radicais, como o rappel.

O Arajara Park é mais um atrativo para os visitantes do município. O parque ecológico e aquático conta com toboáguas e opções bem diferentes, como a Gruta do Farias, uma caverna com 100 milhões de anos. São 140 metros de extensão onde os vestígios da vida pré-histórica vão se apresentando. É também no parque onde se tem investido na proteção ao Soldadinho do Araripe, um pássaro encontrado apenas na Chapada do Araripe que se encontra em processo de extinção. A estrutura do parque possibilita também a realização de festas como casamento, aniversário e formaturas.


SERVIÇO:


Arajara Park - O parque funciona somente aos sábados e domingos, das 10h às 17h. A entrada aos sábados custa R$ 10 e aos domingos R$ 13. Info.: (88) 3532-3232 e no site www.arajarapark.com.br

COMO CHEGAR:
A Expresso Guanabara tem saídas diárias para Crato pela manhã, à tarde e à noite. São 13 horários distintos em ônibus convencionais (R$ 50,35), executivo (R$ 52,35) e leitos (R$ 56,85). Ino.: 4005-1992

ONDE FICAR:
Pasárgada Hotel - Para o mês de novembro, o hotel está com promoção. As diárias em apartamento custam a partir de R$ 72 e nos chalés, R$ 83. Info.: (88) 3523-2323

Hotel Encosta da Serra - As diárias custam a partir de R$ 120 e o hotel oferece desconto de 15%. Info.: (88) 3521-6515

ONDE COMER:
Coisas do Sertão - O restaurante tem diversos pratos da culinária característica da região, como galinha a cabidela, buchada e o tradicional baião de dois. Info.: (88) 3571-7676

Retour à l'accueil