RELIGIOSIDADE
Juazeiro, Juazeiro...
A devoção ao Padre Cícero é o que move o turismo em Juazeiro do Norte. São milhares de pessoas que visitam a cidade durante todo o ano para pedir ou agradecer os desejos realizados

23/11/2006 02:13

Há mais de 50 anos, nos meses de novembro, a aposentada Francisca Damascena sai de Fortaleza com um destino certo: Juazeiro do Norte. Devota de Padre Cícero, Francisca obedece ao ritual de subir as escadas da estátua e rodear a bengala do padre e agradecer os desejos alcançados. "Quando estou naquela aflição é só me apegar com ele, principalmente quando é dinheiro", conta. A devota conta com orgulho de quando deu as três voltas na bengala, enquanto um senhor mais magro que ela não alcançou o feito. "São os mistérios, né?!", filosofa.

Assim como Francisca, milhares de fiéis visitam a cidade durante todo o ano. São pessoas vindas de Fortaleza e de estados próximos que levam seus pedidos ao Padre Cícero e agradecem aqueles já realizados. No Horto - onde se localiza a estátua de 25 metros de altura do Padre - está também o Museu Vivo do Padre Cícero, um espaço repleto de imagens que contam a história do religioso. É lá que os romeiros deixam seus ex-votos, assim como fotos de pessoas que alcançaram graças por meio do "padrinho".

Fitinhas, bálsamos e pomadas como nome do padre, terços, blusas e estátuas, muitas e variadas estátuas. Tudo isso ocupa as lojas e bancas ao redor do Horto, em um comércio alimentado pela fé dos romeiros. E quem pretende fazer todo o roteiro religioso da cidade pode visitar também a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde está o túmulo do Padre Cícero. Localizada no centro da cidade, a igreja recebe muitos fiéis que fazem suas compras no entorno e desejam abençoá-las com as graças do Padre Cícero.

É no centro também que está localizado Centro da Cultura Popular Mestre Noza. No local, artesãos passam o dia talhando a madeira ou pintando o barro. São homens e mulheres que expõem trabalhos em barro, madeira, argila e cerâmica retratando os temas do Cariri, como a devoção ao Padre Cícero ou a cultura popular das bandas cabaçais e dos pífanos, entre outros.


COMO CHEGAR:
A Expresso Guanabara tem saídas diárias para Crato pela manhã, à tarde e à noite. São 13 horários distintos em ônibus convencionais (R$ 50,35), executivo (R$ 52,35) e leitos (R$ 56,85). Info.: 4005-1992

A empresa Gol Linhas Aéreas tem vôos diários para Juazeiro do Norte, às 23h40. A passagem custa R$ 89. Info.: 0300-7892121 ou no site www.voegol.com.br

ONDE FICAR:
Hotel San Felipe - Os quartos com ar condicionado e frigobar custam R$ 68. Tel.: (88) 3511-7904.

Panorama Hotel - As diárias para o casal custam a partir de R$ 117,70 e o hotel oferece desconto de 10%. Tel.: (88) 3512-3100

Retour à l'accueil